VENTOS DE POESIA | Poesia

PVP: 12 €
Internet: 10,80 € (-10%)

ECOS

Vera Carvalho Maia


A abrir com versos de longa data, traçados ainda adolescente, num primeiro contacto com a escrita do sentir, seguindo na sua descoberta que se faz todos os dias, como algo novo que se tenta perceber. Sentir este por vezes ambíguo, sem grande expressão mas repleto de questões, também acordadas na dor que tantas vezes o acompanha, dor que precisa de ser traduzida, pensada, tornada tolerável e sim, muitas vezes, finalmente chorada.

De tantas vicissitudes a procura de calma impõe-se, perdeu-se, desgarrada procura-se em pequenas reflexões dos porquês, a distância como a saudade impõe-se, num acordar para novas realidades, mais leves mas igualmente profundas, a todo aquele que as queria olhar...


Vera Carvalho Maia, nascida em Paris em 1974, desde cedo atenta às pessoas, o que as move, o que as liga, desliga, os afectos que lhes dão os contornos. Desta curiosidade aos quinze anos nasce a escrita e mais tarde o interesse pela psicologia e licenciatura na área em 2001, complementada por um enorme gosto pelo ensino, como formadora. Do psicológico ao espiritual, à protecção e ajuda de quem precisa, estendendo-se ao mundo animal e à preservação do ambiente, o respeito pelo outro e pela natureza são um modo de vida no qual acredita. Faz também versos a pedido, não há grandes limites, basta haver uma história a precisar de ser escrita…

Nº de Páginas: 108 | Formato: 13 x 19,50 cm | ISBN: 978-989-677-130-0

© 2015, Zéfiro - Edições e Actividades Culturais