Zéfiro | A Amante de Shambu & O Louco de Shakti
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
10 %
A Amante de Shambu & O Louco de Shakti
A Amante de Shambu & O Louco de Shakti
15,21 € 16,90 €
Poupe: 1,69 €

SEGUIDO DO KAMALA SUTRA | PEDAÇOS DE INCOERISMO – LIVRO VENUSIANO
de Rémi Boyer



Sobre o Livro

ERÓTICA, IMORTALIDADE, VIAS DE CASAL E ALQUIMIAS INTERNAS

«Eis aqui um pequeno livro que vale por uma biblioteca inteira. Ele é importante para aqueles que encetam a via iniciática, mas também para aqueles que já estão na fase de ‘queimar os livros’, após terem percorrido uma ou várias vias (...).

Tanto a Alquimia como a Arte dos Trovadores fazem parte da Erótica, ou Erotismo Sagrado, pois quer uma quer outra são manifestações – a níveis diversos – da superior Arte do Amor.

As Vias Internas da Alquimia envolvem o arcano dos arcanos – Arcana Arcanorum – que permite a transmutação interior do adepto (transmutação espiritual que transcende a psíquica, integrando também a dimensão fisiológica). (...) Rémi Boyer tem chamado sibilinamente a atenção dos seus leitores para algumas pistas que podem conduzir às Vias Internas da Alquimia, tendo publicado um outro tesouro iniciático, O Quadrante do Despertar, propedêutica indispensável a qualquer caminho iniciático válido. De facto não se pode avançar com proveito numa via iniciática – qualquer que ela seja, sobretudo quanto mais avançada ela for, como é o caso da Alquimia do Corpo de Glória – sem se estar Presente e Consciente, sem se Ser, sem se ‘proceder à ruptura com o mundo fenomenal’; como diz Rémi Boyer: sem se passar do nível humano ao nível da Demanda.

Fazemos votos para que esta obra (...), verdadeiramente ‘uma pérola de grande valor’, possa servir para introduzir os neófitos nas Vias Reais – e não nas vias do sonho, onde por vezes se passa uma vida inteira, bem próximo de um tesouro que não se vislumbra – e também e sobretudo, nas Vias da Alquimia Interna, as Vias do Amor Real – às quais não se pode aceder sem primeiro ter ‘metabolizado’ as primeiras.»

José Manuel Anes
In Prefácio

Ilustração da Capa: Jean-Gabriel Jonin
Ilustrações do Interior: Françoise Pelherbe (desenhos feitos nos templos de Kadjurhao, na Índia)

Co-Edição: Zéfiro & Arcano Zero


Biografia

Nascido em 1958, Rémi Boyer começou desde cedo a exploração do mundo das Vanguardas, da Iniciação e das Filosofias do Despertar. Trabalha, desde então, para uma nova aliança entre as filosofias do Despertar e as vanguardas artísticas.

Membro da Société des Gens de Lettres, considera a Literatura como uma forma de metafísica, tendo-se envolvido activamente no movimento das revistas desde os Anos 80, nomeadamente na experiência excepcional da revista de tradições e vanguardas, L’Originel, dirigida por Charles Antoni, e, mais tarde, no seio de Pris de Peur e Mange Monde, revistas da Casa dos Surrealistas de Cordes-sur-Ciel, dirigidas por Paul Sanda.

Também colabora ou colaborou com inúmeras revistas europeias, entre as quais L’écho des poneys, Supérieur Inconnu, Place aux sens, La Sœur de l’Ange, Initiera, Cahiers chroniques, Historia occultæ, etc. Contribui igualmente, desde 2007, para os magazines electrónicos Vendémiaire e La faute à Diderot.

Dirige, desde 1992, a revista L’Esprit des Choses, especializada na filosofia de Louis-Claude de Saint-Martin, no Martinismo e na Franco-maçonaria, assim como, desde 1996, a crónica literária La Lettre du Crocodile.

Lusófilo, Membro do Movimento Internacional Lusófono, autor de uma vintena de ensaios traduzidos em várias línguas, mais particularmente em português, é também autor de novelas, poemas, contos filosóficos e textos destinados à animação da discussão filosófica com crianças.

Calígrafo, impregnado pela cultura oriental, ilustra por vezes ele próprio os seus livros e apela geralmente a artistas originais como Lima de Freitas, Jean-Gabriel Jonin, Virginie Rapiat…

www.incoerismo.wordpress.com

Filosofias do Despertar, Vanguarda e Tradição

Do mesmo autor, em Português:

• Fado – Mistério da Saudade. Co-edição bilingue franco-portuguesa. Prefácio de Kátia Guerreiro. Arcano Zero e Rafael de Surtis, 2010

Colecção Vanguarda & Tradição
(co-edição Zéfiro e Arcano Zero):

• O Discurso de Sintra. Fotografias do Aimaproject. Sintra, 2011
• O Quadrante do Despertar. Sintra, 2011
• Poeiras de Absurdidade Sagrada. Sintra, 2011
• Hinário à Deusa. Sintra, 2012
• Hinário ao Rei Encoberto. Co-edição bilingue (Rafael de Surtis) franco-portuguesa. Sintra, 2013
• Fado, Saudade & Mystery. Edição inglesa. Sintra, 2013
• Cavalaria, Maçonaria e Espiritualidade. Co-edição bilingue (CIREM) franco-portuguesa. Sintra, 2014
• A Amante de Shambu e o Louco de Shakti seguido do Kamala Sutra. Sintra, 2015
• Monólogo da Água. Escrito com Andreia Salvado. Sintra, 2016
• Vinte e Dois Breves Tratados Incoeristas. Sintra, 2016
• A Tradição Maçónica e o Despertar da Consciência. Prefácio de José Manuel Anes (1ª edição) e Serge Caillet (2ª edição). Introdução de Jean-Pierre Giudicelli de Cressac de la Bachelerie. Sintra, 2017


Detalhes

Título: A Amante de Shambu & O Louco de Shakti
Subtítulo: Seguido do Kamala Sutra | Pedaços de Incoerismo – Livro Venusiano
Autor: Rémi Boyer
Prefácio: José Manuel Anes
Co-Edição: Zéfiro, Arcano Zero
Colecção: Vanguarda & Tradição
Nº de Páginas: 164
Língua: Português
ISBN: 9789896771317
Ano de Edição: 2015
Encadernação: Capa Mole
Dimensões: 13 x 19,5 x 0,9 cm
Peso: 182 g

Categorias:

Esoterismo
Esoterismo > Sabedoria Antiga
Esoterismo > Sabedoria Antiga > Vias do Despertar
Espiritualidade
Espiritualidade > Sagrado Feminino
Espiritualidade > Sagrado Feminino > Sexualidade Sagrada
Outros
Outros > Literatura
Outros > Literatura > Poesia
• Os nossos Autores > Zéfiro > Rémi Boyer
• Os nossos Autores > Outras Editoras > Rémi Boyer
• As nossas Colecções > Zéfiro > Vanguarda & Tradição


Opinião dos Leitores