Zéfiro | Dalai Lama
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
20 %
Dalai Lama
Dalai Lama
23,92 € 29,90 €
Poupe: 5,98 €

SUA VIDA, SEU POVO E SUA VISÃO
de Gill Farrer-Halls

  • ISBN: 9788573746020
  • Stock: Disponível
  • Editora: Madras


Sobre o Livro

Que todos os seres providos de sentimento sintam
felicidade e tudo o que causa a felicidade.
Que todos os seres providos de sentimento estejam livres
do sofrimento e de tudo o que causa o sofrimento.
Que todos os seres providos de sentimento vivam em serenidade,
livres do apego e do ódio que atrai algumas pessoas e afasta outras.

Esta é uma obra diferenciada em virtude de sua apresentação gráfica toda colorida e rica em imagens e, especialmente, por seu conteúdo, que traz um estudo detalhado da vida do décimo quarto Dalai Lama tibetano, Tenzin Gyatso, bem como seu povo e sua visão. A vida do Dalai Lama aqui apresentada mostra-nos dois mundos muito diferentes: o quase medieval, o Antigo Tibete, de sua infância, isolado e infundido com religião; e o mundo moderno de sua vida atual.

Prêmio Nobel da Paz em 1989, o Dalai Lama é líder espiritual e líder político dos tibetanos; professor budista; porta-voz da paz e da não-violência, participando de conferências no mundo todo; proponente entre crenças e embaixador de seu povo e de seu país sofrido. Ainda assim, ele freqüentemente se descreve como um simples monge Budista, e é deste modo que se sente um ser humano verdadeiramente feliz.

Eis alguns dos muitos motivos para você ler esta obra:

• O Tibete antes da invasão chinesa;
• O Dalai Lama como uma figura internacional;
• Uma entrevista com o Dalai Lama;
• Uma introdução ao Budismo Tibetano;
• O Budismo Tibetano no Ocidente.

O Mundo do Dalai Lama é um tributo à Sua Santidade. Portanto, aproveite esta oportunidade, pois o mundo do Dalai Lama está sendo aberto para todos aqueles que o lerem.


Biografia

Sua Santidade, o 14º Dalai Lama Tenzin Gyatso, é chefe de Estado e líder espiritual do povo tibetano. Ele nasceu como Lhamo Thondup, em 6 de julho de 1935, numa pequena vila chamada Takster ao nordeste do Tibete, de uma família de camponeses. Foi reconhecido aos dois anos de idade, de acordo com as tradições tibetanas, como a reencarnação de seu antecessor, o 13º Dalai Lama, e, assim sendo, uma encarnação de Avalokitesvara, o Buda da Compaixão.

Os Dalai Lamas são manifestações do Bodhisattva (Buda) da Compaixão, que escolheu reencarnar para servir ao povo. Lhamo Thondup foi, como Dalai Lama, renomeado Jetsun Jamphel Ngawang Lobsang Yeshe Tenzin Gyatso — Senhor Santificado, Glorioso Gentil, Misericordioso, Defensor da Fé, Oceano de Sabedoria. Os tibetanos normalmente se referem a ele como Yeshe Norbu, a gema Wishfulfilling (Cumpridora de desejos) ou simplesmente Kundum — A Presença.

A cerimônia em que foi elevado ao trono ocorreu em 22 de fevereiro de 1940, em Lhasa, a capital do Tibete.

Ele iniciou sua educação aos seis anos e completou o Grau Geshe Lharampa (Doutorado em Filosofia Budista) quando tinha 25 anos. Aos 24 anos, prestou os exames preliminares em cada uma das três universidades de monges: Drepung, Sera e Ganden. O exame final foi realizado em Jokhang, Lhasa, durante o Festival Anual do Sacerdote Monlam, marcado no primeiro mês de cada ano do calendário tibetano.

Em 17 de novembro de 1950, o Dalai Lama foi convidado a assumir o poder político diretamente (chefe de Estado e do Governo) depois que 80.000 soldados do Exército de Liberação dos Povos invadiu o Tibete. Em 1954, ele foi a Beijing para tratar de paz com Mao Tse-tung e outros líderes chineses, incluindo Chou En-lai e Deng Xiaoping. Em 1956, enquanto visitava a Índia para estar no 2500º Aniversário do Buda Jayati, ele teve uma série de reuniões com o Ministro Principal Nehru e o Primeiro-Ministro Chou sobre as condições deteriorantes no Tibete.

Seus esforços para trazer uma solução de paz ao conflito Sino-Tibetano foram frustrados pela política cruel de Beijing no Tibete Oriental, que incitou revolta e resistência popular. Este movimento de resistência espalhou-se para outras partes do país. Em 10 de março de 1959, a capital do Tibete, Lhasa, surgiu com a maior demonstração da história do país, chamando a China a deixar o Tibete e reafirmando sua independência. A Revolta Nacional Tibetana foi brutalmente esmagada pelo exército Chinês. Sua Santidade escapou para a Índia, onde lhe foi dado asilo político. Desde 1960, ele mora em Dharamsala, Índia, conhecida como “Little Lhasa” (Pequena Lhasa), o centro do Governo tibetano em exílio.

A decisão do Comitê Nobel Norueguês outorgou-lhe o Prêmio Nobel da Paz de 1989. Ele ganhou o aplauso e o apreço de todo o mundo, com exceção da China. A citação do Comitê diz: “O Comitê quer enfatizar que o Dalai Lama em sua luta pela liberdade do Tibete tem consistentemente se oposto ao uso da violência. Ele tem, pelo contrário, advogado por soluções de paz baseadas na tolerância e respeito mútuo com a finalidade de preservar a herança cultural e histórica de seu povo.”

Desde sua primeira visita ao oeste, em 1973, universidades e instituições ocidentais têm conferido Prêmios da Paz e graus de doutor honorário em reconhecimento aos escritos distintos do Dalai Lama na filosofia budista e por sua liderança na solução de conflitos internacionais, assuntos de direitos humanos e problemas de meio ambiente.

Desde 1967, Sua Santidade tem feito uma série de jornada que o levou a 46 nações. No outono de 1991, ele visitou os estados bálticos sob o convite do presidente lituano Vytautas Landsbergis e tornou-se o primeiro líder estrangeiro a palestrar no Parlamento Lituano.

Tenzin Gyatso segue a vida de um monge budista. Acorda às 4 da manhã para meditar, segue um horário ininterrupto de reuniões administrativas, audiências privadas, ensinamentos e cerimônias religiosas. Ele termina cada dia com mais preces antes de se retirar. Em explicação às suas grandes fontes de inspiração, ele frequentemente cita um verso favorito, encontrado nos escritos do renovado oitavo século budista do Santo Shantideva:

Por tanto tempo quanto o espaço resista
E por quanto tempo os seres vivos permaneçam,
Até que então possa eu também sobreviver
Para dissipar a miséria do mundo.


Detalhes

Título: Dalai Lama
Subtítulo: Sua Vida, seu Povo e sua Visão
Autor: Gill Farrer-Halls
Editora: Madras
Nº de Páginas: 232
Língua: Português
ISBN: 9788573746020
Ano de Edição: 2002
Encadernação: Capa Mole
Dimensões: 17 x 24 x 1 cm
Peso: 430 g

Categorias:

Espiritualidade
Espiritualidade > Religião
Espiritualidade > Religião > Budismo
• Os nossos Autores > Madras > Gill Farrer-Halls


Opinião dos Leitores