Zéfiro | Beryl Pogson
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
Beryl Pogson foi aluna do Dr. Maurice Nicoll por dezenove anos e secretária dele por quatorze, período durante o qual foi integrante de um dos pequenos grupos que viviam com ele e com a Srª Nicoll nas casas em que “O Trabalho”, introduzido no Ocidente por G. I. Gurdjieff nos primeiros anos do século XX, era ensinado: Typeponds, Birdlip, Quaremead e Great Amwell House. Antes de sua morte, em 1953, o Dr. Nicoll autorizou a Srª Pogson a ensinar “O Trabalho”.

Normalmente, no início dos encontros, ela fazia uma pergunta e permitia que a discussão acerca do tema fosse realizada. O objetivo desses encontros era juntar um grupo de pessoas comuns com diferentes formações e em estágios diferentes no Trabalho, levando todos para um lugar interior, dentro de si mesmos.

A partir daí, as pessoas tinham de produzir algo novo para elas, em busca do autoconhecimento e despertando talentos ocultos. Dentre as atividades realizadas pelo grupo, havia uma série de pinturas de parede, a construção de uma casa de verão, de um mosaico representando os 12 signos do zodíaco e a produção de peças de cerâmica, e cada sessão, ainda, incluía a produção de uma peça teatral.

Beryl Pogson escreveu a biografia Maurice Nicoll: A Portrait, publicada originalmente na Inglaterra, em 1961, e reimpressa nos Estados Unidos, em 1987. Ela também é autora de In The East My Pleasure Lies, Work Talks at the Dicker, More Work Talks, Commentary on the Fourth Gospel, Three Plays By Shakespeare e The Royalty of Nature.

Que esta obra seja mais um instrumento de contribuição ao seu crescimento pessoal.

Boa leitura!