Zéfiro | J. M. Ragon
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde
J. M. Ragon foi iniciado ainda jovem em Bruges, em 1804. Foi recebido na Logia y Capitulo de los Verdaderos Amigos. É considerado um dos mais ilustres maçons e um dos mais notáveis escritores da Ordem, pois suas obras exerceram grande influência entre os Irmãos de sua época. Foi membro do Grande Oriente do Rito de Misraim e da Ordem do Templo de Fabre Palleprat. Fundou e presidiu a célebre zSociedade dos Trinósofos, promovendo a união do Capítulo e do Areópago. Além disso, foi um dos integrantes do Supremo Conselho – Summum Supremum Sanctuarium – do Sagrado Círculo de Thelema (SCT). Ragon realizou algumas representações ritualísticas maçônicas em público, em 1817, cujos resultados influenciaram consideravelmente sua trajetória iniciática. Depois desse episódio, o Grande Oriente o proibiu de praticar o Rito de Misraim. Ele atendeu à ordem e, dias depois, passou a trabalhar publicamente com o Capítulo dos Trinósofos. Alguns diziam que Ragon possuía diversos documentos com os quais o famoso conde de Saint Germain lhe presenteara, e que, com ele, adquiriu notáveis conhecimentos a respeito da Maçonaria antiga. De suas diversas publicações, poucas podem ser encontradas, isso porque se supõe que algumas pessoas misteriosas tenham adquirido a edição completa de seus livros depois de sua morte. Portanto, suas obras são, hoje em dia, raridades. Entre estas está Ortodoxia Maçônica, publicada em língua portuguesa pela Madras Editora.

Ritual do Aprendiz Maçon

Preço: 11.92 € 14.90 €