Zéfiro | Lionel Fanthorpe
Utilizamos cookies para dar uma melhor experiência e eficiência de navegação. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização.
Entendi
Por favor aguarde

Lionel Fanthorpe

Patricia e Lionel Fanthorpe são dois estudiosos fascinados pelos mistérios que envolvem o tesouro que enriqueceu um sacerdote religioso no sul da França “da noite para o dia”. Rennes-le-Château é o lugarejo que esconde esse enigma.

Para encontrar respostas às perguntas que ainda hoje estão na mente de muitas pessoas, os dois encontraram a compreensão e o estímulo das filhas, Stephanie e Fiona, e se debruçaram sobre intensas pesquisas e estudos, visitando o local onde tudo começou, e concluíram que o caso de Rennes-le-Château é o típico problema que precisa ser analisado por meio de um “ataque serialista-totalista combinado”. E afirmam:

“É difícil estudarmos Rennes de modo seqüencial, visto que cada nova pista não nos leva a uma solução, mas sim a uma dúzia de novas avenidas que merecem ser exploradas. Essas novas avenidas quase sempre se mostram interligadas por becos, ruelas e outros caminhos estreitos que apresentam uma estranha tendência de sempre voltar ao centro do mistério”.
Os autores acreditam que Bérenger Saunière, o personagem central do mistério desse tesouro, parece ter previsto que seu rastro seria estudado, por isso deixou algumas pistas de modo deliberado, como se estivesse desafiando futuros caçadores de tesouros na tentativa de sobrepujá-lo.

Ao que tudo indica, Saunière também tinha uma obsessão por Maria Madalena e pelo vilarejo de Betânia, tanto que denominou “A Torre de Madalena” sua torre de guarda em seu palacete, que era chamado de “Vila Betânia”.

Muitos mistérios sobre o tesouro de Rennes foram desvendados por Patricia e Lionel Fanthorpe e vale a pena serem conhecidos.
Não existem produtos nesta categoria